Em Queimada Nova: Cratera mal sinalizada por pouco não causa acidente


Um caminhão por pouco não caiu dentro da cratera causada pelas fortes chuvas em Queimada Nova, na madrugada do ultimo dia 15  de novembro, sexta-feira.

A via encontra-se intransitável e não há iluminação e sinalização adequada no local, o motorista disse que não conseguiu visualizar o cratera, viram apenas galhos sobre a pista, e deduziram que fosse tentativa de assalto e furaram o bloqueio aproximando-se da enorme cratera no meio da pista, frearam bruscamente mas um dos caminhões não obedecia o comando do motorista, á menos de 2 metros da vala o caminhão parou.

Nas palavras do motorista “Foi Deus que parou este Veiculo a tempo”, segundo ele o caminhão estava na quinta macha e devido ao peso de 20 toneladas não havia como parar.


Informações: Marcos Antonio Coelho



Continue lendo »

Queimada Nova: Chuva forte rompe asfalto e bloqueia transito na PI-459

Uma forte chuva de mais de 100 mm caiu sobre o município de Queimada Nova durante a madrugada desta terça-feira (11) e causou o rompimento do asfalto na PI-459, que liga o município de Queimada Nova ao Posto Pipocas.

Segundo moradores, muitas árvores foram derrubadas e até tetos de casas despencaram no povoado Cantinho. Próximo à região, alguns açudes transbordaram levando animais que estava nas margens.
As estradas que dão acesso ao Povoado Cantinho estão interditadas por causa do grande acúmulo de água. Moradores estão assustados e as aulas nas escolas da zona rural do município devem ficar comprometidas.







Video: Facebook Allan Dridd
Continue lendo »

Assembleia de Deus de Queimada Nova realizará II Cruzada Evangélica

Nos próximos dias 21, 22 e 23 de novembro à igreja evangélica Assembleia de Deus de Queimada Nova realizara a 2ª Cruzada Evangélica, Queimada Nova pra Cristo.

O evento contara com a participação da banda gospel Vôo Livre de São João do Piauí, cantor J. Araújo de Salvador – BA, Pr. Gudson de Teresina – PI, e caravanas das cidades vizinhas, durante o evento serão sorteadas 100 sextas básicas.

Data: 21, 22 e 23 de Novembro.
Horário: a partir das 19:00hs 
Local: Praça Santa Teresinha.

"Deus quer fazer parte de sua vida, traga sua família e amigos." 
Continue lendo »

Atrasada do Enem, jovem ganha bolsa de estudo após entrar em desespero

Amanda Alli, de 19 anos, fez de tudo para chegar a tempo e fazer as provas do Enem neste sábado. Pediu até uma carona para um motociclista. Mesmo com todo o esforço, chegou atrasada e adiou seu sonho de conseguir um boa média para entrar em curso de jornalismo, como pretendia. A situação fez com que Amanda entrasse em pânico e chorasse sem parar em frente aos portões da Uerj.

Assistindo à cena e sensibilizado com o desespero da estudante, o coordenador do curso pré-vestibular Tamandaré, Álvaro Barreto, ofereceu uma bolsa de estudo para Amanda. Álvaro acolheu a jovem em uma barraca do curso Tamandaré montada nas proximidades do local e fez o convite.

Ficamos sensibilizados com a situação da Amanda. Decidimos oferecer uma bolsa de estudo pra ela não desistir de seu sonho e se sentir mais preparada no ano que vem — ressalta Álvaro Barreto.

A jovem estudante ficou mais calma e afirmou que vai fazer o curso, precisamente na unidade do no Méier, bairro da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, mais próximo de sua casa.

Fonte: Extra



Continue lendo »

Queimada Nova: Motorista perde o controle e veículo cai em vala

Um veiculo VW Voyage-City MB de cor prata, placa de Curitiba (PR), capotou por volta das 12h30min, desta quarta-feira 05 de Novembro na PI-459 à 100 metros da cidade de Queimada Nova, quando seguia viagem com destino a cidade de São João do Piauí. 

Segundo informações da PM os homens haviam almoçado na cidade de Queimada Nova e em seguida seguiram viagem pela PI/459 e a 100 metros após a saída o motorista perdeu o controle do veiculo e sobrou numa curva indo cair dentro de uma vala lateral ficando com os pneus para cima, o carro era conduzido por FÁBIO FARIA M. DA SILVA  de 33 anos, residente na cidade de Santos (SP), e ao seu lado estava um companheiro de viagem de nome MARCELO J. C. NOGUEIRA ambos foram atendidos no pronto socorro do município de Queimada Nova - PI,  ambos sofreram apenas ferimentos leves e passam bem, um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de polícia de Queimada Nova.





Edição: Fabio (Fnnotícias)
Continue lendo »

EUA: Petição à Casa Branca quer ação contra ‘expansão comunista’ operada por Dilma

Segundo o pedido, Dilma "continuará o plano de seu partido de estabelecer um regime comunista no Brasil

Brasileiros que moram nos EUA vão as ruas
Há sete dias no ar, uma petição popular americana solicita à Casa Branca que "se posicione" contra a "expansão bolivariana comunista no Brasil promovida pelo governo de Dilma Rousseff", após a reeleição da presidente brasileira. Segundo o pedido, Dilma "continuará o plano de seu partido de estabelecer um regime comunista no Brasil — nos moldes bolivarianos propostos pelo Fórum de São Paulo" e "os EUA precisam ajudar os promotores da democracia e da liberdade no Brasil".

A petição foi publicada no site da Casa Branca dia 28 de outubro, dois dias após o pleito presidencial, no espaço "We the People" (Nós, o povo), criado pelo governo Barack Obama para receber demandas populares. É preciso 150 assinaturas eletrônicas para que a petição seja publicada. A proposta sobre o Brasil já tinha 92.040 assinaturas na tarde desta segunda-feira. Petições endossadas por 150 mil ou mais pessoas recebem resposta da Casa Branca — que tem a prerrogativa de abraçar ou não a causa.

Tanto o criador da petição sobre o Brasil (F.P.) quanto as demais dezenas de milhares de signatários estão identificados apenas por iniciais, sem informação sobre sua cidade de origem. Esta é a apresentação comum no site para qualquer proposta publicada.

Vários textos de justificativa, porém, costumam listar entidades e pessoas que promovem aquela causa, o que não ocorre na solicitação sobre o Brasil. Para criar uma petição, basta ter 13 anos ou mais, abrir uma conta no site e passar por verificação de e-mail.


Na justificativa, o autor afirma que, embora aos olhos da comunidade internacional as eleições brasileiras tenham sido "integralmente democráticas", há vários motivos para suspeita: urnas não seriam confiáveis, a cúpula do Judiciário seria, em sua maioria, formada por membros do PT e a população dependente de políticas sociais teriam sido ameaçadas a perder os benefícios caso não votassem em Dilma.

Abaixo, a íntegra do texto da petição:

"Nós peticionamos o governo Obama para:

Se posicionar contra a expansão bolivariana comunista no Brasil promovida pelo governo de Dilma Rousseff.

Em 26/10, Dilma Rousseff foi reeleita e continuará o plano de seu partido de estabelecer u, regime comunista no Brasil -- nos moldes bolivarianos propostos pelo Fórum de São Paulo. Nós sabemos que, aos olhos da comunidade internacional, a eleição foi integralmente democrática, mas as urnas usadas não são confiáveis, além do fato de que a cúpula do Judiciário são, em sua maioria, membros do partido vencedor. Políticas sociais também influenciaram a escolha da presidente e as pessoas foram ameaçadas com a perda do benefício de alimentação caso não reelegessem Dilma. Conclamamos uma posição da Casa Branca em relação à expansão comunista na América Latina. O Brasil não quer e não será uma nova Venezuela, e os EUA que (sic) precisam ajudar os promotores da democracia e da liberdade no Brasil".

Fonte: MSN
Continue lendo »

Paulistana: Homem é preso acusado de agredir a esposa e incendiar a casa com a sogra dentro

Um homem identificado por Domingos José da Silva foi preso na noite do último sábado (01/11) após uma casa ter sido incendiada na cidade de Paulistana.

Segundo a companheira do acusado, Amélia Albertina Barbosa do Nascimento, ela foi agredida dentro de casa pelo seu marido. E teve que sair correndo da casa, e que na sua ausência, ele teria colocado fogo na residência. No memento estava a mãe de Amélia dentro da moradia e teve que ser retiradas as presas para que não fosse queimada pelo fogo.

Domingos foi levado até a 12ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Paulistana. A idosa foi levada ao hospital pelo fato de sua pressão arterial ter aumentado.

Informações: Blog do Evangelista


Continue lendo »

'Se comprar água, vai faltar comida para os meninos', diz agricultor em Queimada Nova


Com três crianças em casa, o agricultor Celso da Silva Xavier, 41 anos, disse que já teve vontade de comprar água, mas não vê como sacrificar para isso um grande pedaço dos R$ 336 que recebe do Bolsa Família. A última vez que o carro-pipa de programas governamentais abasteceu a cisterna da casa dele, em Queimada Nova (PI), foi no dia 29 de agosto. A água acabou em 13 de outubro e desde então Xavier tem ido buscar em um barreiro, que já está prestes a secar.

Silvonete Nascimento da Silva, 29 anos, mulher de Xavier, observa com tristeza o esforço do marido para sustentar os filhos pequenos de 2, 4 e 8 anos de idade. Ele chegou a passar quase 15 dias na mata para buscar varas de madeira usadas para fazer cercas e conseguiu pouco mais de 200, vendidas a R$ 0,50 cada, o que rendeu R$ 100. “Não pode parar, né? Tem que fazer alguma coisa para sobreviver”, afirma a mulher.

Um carro-pipa com 7 mil litros custa em média R$ 50 na região. A Organização das Nações Unidas (ONU) diz que o ideal (ou seja, um gasto bastante racionalizado) é o consumo de 110 litros ao dia por pessoa. Xavier teria que separar algo como um terço do que recebe do benefício para comprar água para família em um mês.

“É o único dinheiro que a gente tem. Se comprar água, vai faltar comida para os meninos. O dinheiro não dá nem para fazer a feira direito. Fui atrás do pipa, mas disseram que as fichas estavam poucas e que já tinha gente precisando mais. A gente tem que entender que não dá para todo mundo, fazer o quê?”, diz o agricultor.


As fichas são referentes à água entregue pelo Exército Brasileiro e pela Defesa Civil dos programas governamentais. Segundo a agricultora Maria Francisca Pereira Ferreira, 46 anos, o que é fornecido não dá para todos, e as casas podem ficar até dois meses sem receber nada.

Queimada Nova é uma das 203 cidades do Piauí em situação de emergência por conta da estiagem - a maior desde 1970, segundo a Secretaria Estadual de Defesa Civil. Como milhares de sertanejos da região mais seca do estado, os 8.700 habitantes da cidade ainda não têm água encanada. Quando os poços secam e a ajuda demora a chegar, a única alternativa é comprar água de carros-pipa. Para quem já vive com pouco, a situação é dramática.

Ao todo, 938 famílias são atendidas pelo Bolsa Família em Queimada Nova, que tem Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) 0,515, um dos mais baixos do país, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.
A agricultora Maria Francisca diz que já gastou para ter algo não conseguiu consumir. “Eu já paguei R$ 50 por um pipa e a água ainda não prestava. Perdi a que comprei e a pouca que ainda estava na cisterna porque ela fedia a esgoto, estava estragada, não dava para consumir”, conta.

Na casa dela, como em outras da comunidade Serra Grande, zona rural da cidade, a imagem de São Jorge divide a estante da pequena sala com um rádio, uma televisão e alguns CDs de romaria. A tecnologia chegou antes da água encanada. "A distribuição de água é injusta. Aqui a gente ainda vê que é um curral de voto. Agora na eleição teve mais água. Tinha que investir mais em poços do que pagar pipas porque acaba não dando para todo mundo. Acho que falta respeito e interesse”, diz.

Para não ver os animais morrendo de sede e fome, a família de Francisca teve que vender algumas cabeças de bode a um preço abaixo do mercado. Para dar água aos animais, a distância até os poucos barreiros feitos na chapada chega a 12 km.


A aposentada Maria Auxiliadora, 59 anos, viu boa parte dos filhos sair em busca de melhores oportunidades fora do estado. Dos 10 filhos que teve apenas dois ainda moram com ela. Os demais foram para São Paulo e Petrolina (PE). “Foram buscar vida melhor. Aqui a gente vai tocando como dá. Quando a gente quer água melhor tem que pagar. E todo dia tem que andar mais de dois quilômetros para dar água aos animais e lavar a roupa. A gente vai aprendendo a viver com a dificuldade”, conta.

Fonte:  G1  Fotos:  Patrícia Andrade / G1
Continue lendo »