Paginas

Subscribe:

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Caminhão Baú perde freio e pega fogo na serra do Sumidouro município de Queimada Nova


Um  caminhão da volkswagen pertencente ao comerciante de Afrânio Pernambuco  Paulo Jose da purificação coelho (Paulo Gordim) que vinha de Afrânio - PE seguindo com destino a Dom Inocêncio - PI, hoje pela manhã dia 09 de Julho por volta das 05:00 horas da manhã, ao descer a serra de 3Km da localidade Sumidouro Município de Queimada Nova, o mesmo perdeu os freios e sobrou em uma curva onde se incendiou.

Segundo  o motorista e o ajudante que sofreram ferimentos leve afirma que o mesmo estava levando produtos inflamável como Gasolina e botijão de gás onde causou a explosão ,alem desses produtos inflamável o mesmo transportava milho e torta de algodão.

O caminhão ficou totalmente destruído pelo fogo, segundo o motorista ele tinha se perdido por não conhecer a estrada, os mesmo foram socorridos por moradores da comunidade e encaminhado para a unidade básica de saúde no município de Queimada Nova para primeiros socorros, os mesmos passam bem. Veja algumas imagens! 


Fonte: Site da Radio Esperança FM
Fotos: Nilson José

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Seca aumenta a miséria em municípios como São Raimundo Nonato, São João do Piauí, Queimada Nova e Acauã


Rodrigo Manoel da Silva mora com a esposa, uma filha de dez meses, a mãe e um irmão na localidade Angical, zona rural de Acauã, 472 quilômetros ao sul de Teresina. Acauã fica na região de Paulistana (470 quilômetros ao sul de capital), uma das regiões de seca mais severa no Estado. É uma das cidades mais pobres do Piauí, escolhida dez anos atrás pelo governo federal para piloto do programa Fome Zero, junto com Guaribas. 

Rodrigo trabalha na roça, assim como Denilson Coelho Francisco, que reside a 50 quilômetros dali, na localidade Batalha, zona rural de Queimada Nova, na região de São João do Piauí. Denilson tem três filhas pequenas - de 7, 5 e 2 anos. Um pouco mais adiante em direção ao sul, no povoado Onça, em São Raimundo Nonato (525 quilômetros ao sul da capital), reside a dona de casa Vanda da Silva. Ela mora com o marido e três filhos - dois rapazes e uma moça. 

Rodrigo, Denilson e Vanda são personagens idênticos de uma mesma realidade do semiárido piauiense - o sertanejo que perdeu tudo ou praticamente tudo com a seca e vive hoje dependente quase que exclusivamente do que recebe dos programas de distribuição de renda do governo federal e da água dos carros-pipas contratados pelo Exército.

Rodrigo ganha R$ 102,00 por mês do Bolsa Família. Não recebe o Seguro Garantia Safra, programa criado para amenizar as perdas dos lavradores, porque faltou o contrato de comodato da terra onde trabalha. A mãe é aposentada.

Denilson ganha R$ 330,00 de Bolsa Família. De dezembro de 2013 a abril passado, recebeu R$ 152,00 do Garantia Safra. Vanda recebe R$ 282,00 do Bolsa Família e ganhou os R$ 760,00 do Garantia Safra divididos em cinco parcelas. O benefício, pago aos lavradores que perderam o que plantaram com a seca, deve ser retomado pelo governo nos próximos meses - é o que esperam os três. 

A situação deles é igual a milhares de sertanejos que vivem no semiárido piauiense, a região mais seca do Piauí, que engloba 156 municípios do Estado e é castigada sem trégua pela estiagem desde 2011. A falta de chuvas deixou um rastro de pobreza que só é aplacada pelo Bolsa Família, os carros-pipas, o Garantia Safra e o Bolsa Estiagem, outro benefício criado pelo governo para atender quem não tem direito ao Garantia Safra. 

Esses programas amenizam o sofrimento do homem do campo, aumentam a circulação de dinheiro nos municípios mais pobres e geram novos negócios no sertão. Mas também criaram uma dependência extrema do sertanejo em relação ao Estado. Sem a ajuda do governo e o dinheiro do Bolsa Família, provavelmente já estaria ocorrendo mortes por falta d'água e de alimentos no sertão. "É uma situação muito grave!", resume a secretária estadual da Defesa Civil no Piauí, Simone Pereira. Para ela, a dependência das famílias dos programas de distribuição de renda agrava a miséria tão comum ao sertanejo. "A população do semiárido não dispõe de programas que garantam a autossuficiência na produção. A educação é ruim, a saúde é precária, a falta de chuvas faz com que percam toda a lavoura. Não têm perspectiva de futuro", desabafa. 


Fonte: Diário do Povo

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Vereadores Mudam de Ideia Sobre Classes de Professores


Vereadores a favor do projeto 
Desde a Sessão Ordinária do dia 19 de maio de 2014, que Prefeito municipal de Queimada Nova PI enviou o Projeto de Lei nº 016/2014, para a Câmara Municipal de Vereadores. Pelo motivo do referido projeto ter chegado na Câmara Municipal no mesmo dia da sessão, todos os Vereadores  pediram um tempo para analisá-lo. Na  Sessão Ordinária  do dia 09 de junho de 2014, o Projeto de autoria do Prefeito Municipal, que versa sobre  Fixação de Vencimentos de Cargos Efetivos e Comissionados, altera a Lei nº 014/2005 de 29 de novembro de 2005, consolida e fixa Quadro de Pessoal permanente do Poder Executivo Municipal e dá outras providencias, tramitou na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal. A Comissão é formada pelos Vereadores Geovaldo,  Ariovaldo Dias e João Carlos Gomes, sendo que a Comissão deu parecer contrario ou Projeto de Lei, por considerá-lo inconstitucional, pois iguala o salário dos professores municipais que tem nível superior e pós graduação com o salário dos professores que só tem nível médio, desobedecendo com isso a Constituição Federal e a Lei Municipal 014/2005 do Plano de Carreira do Magistério Público Municipal.

Na Seção da segunda-feira dia 09/06/2014, todos os Vereadores unanimemente decidiram pela não votação do Projeto, já que o mesmo foi considerado inconstitucional, e não houve votação em Plenária, mais a Presidente da Câmara, Vereadora Lucimar Mendes, não conformada com a questão de não ter acontecido a votação em plenária, após consultar a Assessoria Jurídica, convocou todos os Vereadores para uma nova Sessão no dia 10/06/2014, afirmando que só se conformava quando visse o resultado da votação em plenária pois, só ai ela tinha segurança e certeza do que teria sido feito. Salientou, e colocou o citado PARECER em votação, ai os Vereadores Carlos Amorim, Gilmar Macedo, George Rodrigues e Licinio José Coelho, que na segunda-feira havia sido a favor do PARECER, mudaram de opinião e votaram contra o PARECER, fazendo com que o Projeto que se encontrava reprovado pelo PARECER, voltasse a tramitar.


O PARECER teve votos favoráveis dos Vereadores: Geovaldo Tolentino, João Carlos Gomes e Ariosvaldo Dias. O Projeto que tramita na Câmara prejudica os Professores Municipais, não só no que diz respeito aos salários dos profissionais, mas também na sua profissão, pois retira as especialidades que os mesmos conquistaram através de suas formações por área. Se o referido projeto chegar a ser aprovado todos os professores do Município de Queimada Nova, deixaram de ser chamados,exemplo: Professor de História, Professor de Matemática, Professor de Ciências e qual quer outra disciplina e passaram a ser professores de EDUCAÇÃO BÁSICA. Se o parecer estivesse sido aprovado como queria os Vereadores Geovaldo Tolentino, João Carlos Gomes e Ariosvaldo Dias, reprovaria o Projeto de Lei, mas como os Vereadores Carlo Amorim, Gilmar Macedo, George Rodrigues e Licinio José Coelho, mudaram de idéia e votaram contra, assim o Projeto volta a tramitar e os profissionais correm o risco de ser prejudicado ainda mais do que o que já estão, pois o Projeto voltará a Pauta na primeira Sessão do mês de Agosto, e não sabemos que votação ele poderá receber.

Os professores que se fizeram presentes em grande número na Sessão da Câmara Municipal nos dias 09 e 10 de Junho, saíram conscientes que seus salários tende a permanecer defasados e sem os seus percentuais de progressão dos mesmos que já não estão sendo cumpridos pelo Prefeito Municipal. Esse alega que a folha de pagamento da Prefeitura extrapolou sim claro, quantos funcionários contratados sem necessidade existem ai?

Concordamos quando alguns diz que é interessante que os Professores e as outras pessoas freqüentem a Câmara Municipal nos dias de Sessão para observar quem são os Vereadores que votam nos Projetos a favor do povo e também os que votam nos Projetos a favor do Poder.


Fonte: aprofumseqn

sexta-feira, 6 de junho de 2014

TCE determina que prefeito de Queimada Nova devolva R$ 332 mil aos cofres públicos


O Tribunal de Contas do Estado julgou procedente a inspeção realizada na prefeitura municipal de Queimada Nova 

No julgamento os conselheiros decidiram determinar a devolução de R$ 332.201,66 (Trezentos e trinta e dois mil duzentos e um reais e sessenta e seis centavos), pelo prefeito de Queimada Nova Celso Nunes Amorim, aos cofres do Município, devido à ausência do processo de despesa que respaldou as saídas desses recursos; comunicar ao Promotor de Justiça da Comarca para que acompanhe o efetivo ressarcimento ao erário do valor condenado em débito e para as demais providências cabíveis.

E ainda apensar o presente processo aos autos da prestação de contas do Município de Queimada Nova, atinente ao exercício financeiro de 2013, a fim de que a irregularidade apontada repercuta no julgamento das contas do Município.
Relator do processo de inspeção foi o conselheiro Alisson Felipe de Araújo.


Fonte: GP1 

terça-feira, 3 de junho de 2014

Queimada Nova e Lagoa do Barro discutem limites territoriais

A discussão tem em vista o forte potencial eólico da área em litígio

Na manhã desta terça-feira (3), o deputado estadual Edson Ferreira reuniu-se com a Comissão de Assuntos Territoriais da Assembleia Legislativa do Piauí, presidida pelo deputado Antônio Félix, para tratar do ajustamento na divisão dos limites territoriais entre Lagoa do Barro e Queimada Nova. De acordo com o ex-vereador de Lagoa do Barro, Morais Siqueira, a área de litígio corresponde a 6Km e possui um grande potencial econômico.

“Na verdade queremos uma reavaliação dos limites entre Lagoa do Barro e Queimada Nova, tendo em vista o forte potencial eólico da área em litígio. Alguns proprietários estão alterando seus limites territoriais administrativamente adentrando em áreas particulares e até no município de Queimada Nova”, destacou Morais Siqueira.

De acordo com a Comissão, no mapa, a divisão dos limites territoriais entre os municípios está de acordo com a lei. O encaminhamento proposto foi marcar uma visita técnica aos municípios no dia 26 de junho com o intuito de dirimir dúvidas acerca do assunto e fazer os possíveis ajustamentos. Na oportunidade, o deputado Edson Ferreira elogiou a atuação do deputado estadual Antônio Félix na presidência da Comissão de Assuntos Territoriais.

“A Comissão de Assuntos Territoriais da Assembleia Legislativa do Piauí estava inativa, sem atividades. Com a presidência do deputado estadual Antônio Félix, as atividades foram restabelecidas e os litígios territoriais do Piauí estão sendo resolvidos com maior agilidade”, afirmou Edson Ferreira.

Estiveram presentes na reunião o prefeito de Queimada Nova, Celso Amorim e os vereadores George Rodrigues, Lucimar Mendes, Geovaldo de Sousa e Carlos Amorim. Representando Lagoa do Barro participaram os vereadores Mouracy, Gildemar Lopes e o ex-vereador Morais.


Fonte: portalaz.com

sábado, 31 de maio de 2014

Queimada Nova cidade de 23 anos sem água encanada

Desta vez foi o jornal da rede de TV Record a fazer uma matéria falando sobre a falta de água no município de Queimada Nova - PI, confira no vídeo toda reportagem. 

  
Além da estiagem de água, moradores que não podem comprar água potável são obrigados a usar água imprópria para consumo.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Em Queimada Nova, professores desvalorizados, recebem um dos piores salários da região

A luta por valorização salarial dos Servidores da Prefeitura Municipal de Queimada Nova (PI) vai além do reconhecimento pelos bons serviços prestados pelos trabalhadores. De acordo com um levantamento feito pela Diretoria da APROFUMSEQN - Associação de Professores e Funcionários Efetivos lotados na Secretaria Municipal de Educação, os trabalhadores do município recebem seus vencimentos – sejam eles de nível Médio, Superior ou Especialização – abaixo de funcionários das prefeituras das cidades vizinhas.

A desigualdade salarial é tão grande que se aprovada for uma Tabela de vencimentos que está em tramitação no poder legislativo é constrangedor. De acordo com a tabela um professor com graduação em Queimada Nova receberá um salário equivalente a um de Nível Médio. 

Veja a Tabela para os futuros salários de professores:




Segundo os Dirigentes da APROFUMSEQN lamentam que a partir do ano de 2012, os salários da categoria começou a ficar defasado em virtude da redução dos salários porque tinha alguns professores que já recebiam acima do piso nacional. Enquanto isso, as vantagens adquiridas pelos professores através de cursos de Graduação, Pós-Graduação e mudança de classe foram reduzidas. A redução foi a seguinte: Graduação antes, + 18 % sobre o Médio, foi reduzido para 9 %, Pós-Graduação antes, + 9 % sobre o graduado, foi reduzido para 4,5 % e a mudança de classe antes, + 14 % sobre a classe anterior, foi reduzido para 3 %.

Diante dessa situação, o pior estava por acontecer, em 2013, o Governo Federal reajustou o piso salarial dos Professores em 7,97 % mas o município não fez nenhuma correção no salário de seus professores, em 2014, o piso salarial foi reajustado em 8,32 %, até o presente momento esse percentual não foi repassado para os Professores, sem falar que o restante dos percentuais que restaram após a redução feita em abril de 2012, foram totalmente retirados da folha de pagamento dos Professores.

A categoria convive saturada com tantas atividades escolares e sem nenhuma valorização profissional, basta analisar nos últimos anos o quanto o salário do professor de Queimada Nova vêm sendo desvalorizado pelos índices inflacionários e sem reajuste compatível que venha contemplar a categoria com um salário digno.

"O professor ensina com amor e não por amor, ninguém sobrevive apenas de amor, lembrando que o professor é pai ou mãe de família, que pagam cartões de crédito, carnês de lojas, feiras, contas de luz, telefone, internet, educação e saúde dos filhos, enfim uma lista quase interminável. O professor em Queimada Nova ele sofre para sustentar a família com um mísero salário que ganha." Relatou Jerônimo, Blogueiro e professor da rede publica.

Em protesto os professores pretendem reivindicar o projeto.  

Fonte: Blog Total Informática
Informações: APROFUMSEQN

domingo, 25 de maio de 2014

DESCUIDO OU DESCASO? Município de Queimada Nova está sem ambulância para transporte de paciente

No mínimo pode-se considerar um descuido por parte dos que fazem a administração municipal de Queimada Nova e do governo do estado, município de aproximadamente 9.000 (nove mil) habitantes do sudeste do Piauí, quando se trata de transporte de pacientes.

Informações chegadas a redação do portalqn dão conta de que o município não possui ambulância própria há quase 2 meses, e se quer se dignou a alugar uma para atender a sua população, de tal forma que quando necessita transferir paciente para outro domicílio a edilidade recorre aos municípios vizinhos para que os mesmos emprestem seus veículos.

Através de algumas informações não confirmadas pela administração do município que não respondeu nosso email, as Ambulâncias do município de Queimada Nova estariam quebradas e foram encaminhadas para cidades próximas e por lá ficaram, de acordo com algumas informações o município estaria aguardando a chegada de uma ambulância nova do Governo do Estado, mas até agora não há previsão de quando ela chegara.

“A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para a promoção, proteção e recuperação”. Constituição Federal de 1988, artigo 196

Este artigo não deve ser lido apenas como uma promessa ou uma declaração de intenções, este é um direito fundamental do cidadão que tem aplicação imediata, isto é, pode e deve ser cobrado. A saúde é um direito de todos por que sem ela não há condições de uma vida digna, e é um dever do Estado por que é financiada pelos impostos que são pagos pela população. Desta forma, para que o direito à saúde seja uma realidade, é preciso que o Estado crie condições de atendimento em postos de saúde, hospitais, programas de prevenção, medicamentos, transporte e etc... e além disto é preciso que este atendimento seja universal (atingindo a todos os que precisam) e integral (garantindo tudo o que a pessoa precise), é dever do município a manutenção de tudo isso.

O Portalqn tentou um contato com a prefeitura do município por email para ouvir a sua versão sobre os fatos mais não obteve resposta.

Redação: Weslley Reunny


quinta-feira, 22 de maio de 2014

Prefeito Celso Amorim é condenado pelo TCE-PI por irregularidade na prestação de contas


O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), por meio da 2ª Câmara, condenou ao pagamento de multa o prefeito de Queimada Nova, Celso Nunes Amorim, a sentença veio após julgamento de balanço geral de sua gestão no ano de 2011.



O prefeito foi condenado a pagar multa por irregularidades na prestação de contas de governo, que foram reprovadas, as prestações de contas de gestão, do FUNDEB, e da FMAS foram julgadas regulares com ressalvas, porém mantidas as multas nestes casos.

O presidente da Câmara Municipal em 2011 Carlos Alberto Nunes Amorim também foi condenado ao pagamento de multa.

Fonte: 180graus.com

TCE notificará a prefeitura de Queimada Nova por extrapolar Lei de Responsabilidade Fiscal.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE- PI) notificou 134 prefeituras entre elas prefeitura do município de Queimada Nova por descumprimento a lei de responsabilidade fiscal, desrespeitando o limite de gastos pessoais. O número representa 60% das cidades do Estado. As informações do relatório de gestão fiscal (RGF), divulgadas nesta quarta-feira (21), são referentes ao 2º semestre do ano passado.

16 cidades atingiram o limite de alerta dos gastos no setor Pessoal, que é de 48,60%, 33 cidades ultrapassaram o limite prudencial, que é de 51,30% e 85 prefeituras ultrapassaram o limite legal dos gastos que deve ser de até 54%. Os números maiores são dos municípios de Boa Hora com 73,12% dos gastos da receita municipal com pessoal, Cristino Castro com 72,49%, e Redenção do Gurguéia 72,07%, seguidos de perto por Boqueirão do Piauí com 69,19% e Sigefredo Pacheco com 67,86%.

Os gestores que descumpriram os limites legais de despesapessoal e não tiveram a adoção de medidas para reduzir os gastos ao limite estão sujeitos a penalidades como reclusão, suspensão dos direitos políticos, inabilitação para exercer função pública por até cinco anos e até a perda do cargo.

Todos os prefeitos notificados devem apresentar medidas de redução de despesas nos próximos relatórios enviados ao TCE.

Confira a lista completa: "AQUI".

Fonte: Blog Total Informatica e Cidade Verde
Informações: 
http://www.tce.pi.gov.br 

terça-feira, 20 de maio de 2014

Em Queimada Nova, vereador da entrada em requerimento de INSALUBRIDADE aos servidores municipais

O vereador Carlinhos Gomes do município de Queimada Nova – PI, no uso de suas atribuições legais, deu entrada em requerimento na última sessão dia 15 de maio, requerimento esse que faça cumprir o disposto no artigo 28 inciso XV da lei orgânica Municipal, fazendo com isso cumprir a legislação vigente no que se refere ao pagamento de INSALUBRIDADE  aos servidores públicos Municipais que trabalham  em  áreas consideradas  insalubres ou de riscos, que também seja incorporado o adicional noturno  ao vencimento dos funcionários que enquadram-se de acordo com os  horários de trabalho e os índices percentuais cabidos em conformidade com a legislação vigente e demais diplomas que regem o pagamento desse adicional.

Imagem do requerimento abaixo.



Fonte: Blog Joseildon Carlos


ACISQ inaugura seu society em Queimada Nova, confira!



Foi inaugurado no último dia 11 de Maio, o campo society da ACISQ em Queimada Nova, o campo é montado em grama natural.

No jogo inicial se realizou na tarde de sábado dia 11 de Maio e participaram inicialmente as crianças filhos dos Sócios, logo após as mulheres, no domingo dia 12 de Maio, foi realizada uma pelada tradicional com os sócios, que aprovaram a qualidade do espaço e da grama. A ACISQ continua seu plano de trabalho, cumprindo suas metas estabelecidas, procurando propiciar ao associado mais lazer e conforto.

O presidente da ACISQ Jeso Dias pai de todo o projeto comentou está feliz por mais uma conquista, e disse que ainda há muito trabalho pela frente, que futuramente espera incluir em seu espaço um clube de festas onde será realizado eventos para arrecada fundos para associação continuar com seu trabalho.

Confira as imagens: